pane2

Relatório obtidos pelo Ministério Público na investigação que apura à suposta prática de “rachadinha” no gabinete do então Deputado Estadual Flávio Bolsonaro, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, revelaram um fato que chamou a atenção dos investigadores, é que um sargento da PM, efetuou diversos depósitos na conta da loja de chocolates, da qual o Senador Flávio Bolsonaro é um dos donos.

O montante transferido pelo PM na conta da loja do Senador atingiram o valor de R$ 21.100,00 (valor não atualizado).  A menor transferência foi de R$ 2.300,00 e a maior foi no valor de R$ 5.600,00.

As transferência teriam sido efetuadas pelo sargento da PM Diego Sodré de Castro Ambrósio. Além disso, segundo citou o próprio Senador Flávio Bolsonaro, o mesmo PM Ambrósio, também efetuou o pagamento de uma parcela de R$ 16.500 referente em nome da esposa de Flávio Bolsonaro, referente a uma parcela de um apartamento, que segundo o Senador Flávio Bolsonaro só ocorreu, porque pediu um favor a um amigo pois o senador não dispunha do aplicativo do banco para efetuar o pagamento e estava muito próximo do horário de fechamento das agências bancárias.

Somados os valores relativas ao pagamento da parcela e às transferências efetuadas totalizam, R$ 37.600,00, as operações tiveram início no período em que Flávio Bolsonaro afirmava que o Brasil estava “quebrado [2015].

Mesmo sem considerar a atualização monetária dos valores transferidos, se o PM fosse hoje efetuar compras na loja que tem como um dos proprietários o Senador Flávio Bolsonaro ele poderia comprar 248 panettones e alguns chocolates.

Nossa equipe apurou que para carregar toda essa mercadoria, o PM, precisaria encher mais de 3 porta-malas do carro mais vendido do ano de 2019 (novo Onix), e ainda assim teria que levar alguns panettones e chocolates nos bancos do carro.

Veja a conta:

O porta malas em questão tem 463 litros de capacidade, cada caixa de panettone, representada na imagem, tem as seguintes dimensões 20 x 17 x 17cm ou seja, cada porta malas comportaria no máximo 81 panettones, portanto, ainda que a mercadoria fosse carregada em 3 porta malas (81 x 3 = 243), ainda, sobrariam 5 panettones e alguns chocolates que não caberiam no porta malas.

Dados da estimativa:

Para efetuar a estimativa acima verificamos os preços do panettone mais vendido da loja, que no site apresenta o valor de R$ 84,90.

Se os valores transferidos fossem atualizados estima-se que o montante hoje seria de aproximadamente R$ 28.500,00 (considerando como parâmetro uma data intermediária entre os depósitos). Com esse valor seria possível adquirir mais de 335 panettones do mesmo tipo e marca descritos acima, e seriam preciso mais de 4 porta malas do carro mais vendido do ano para transportar todos esses panettones.

 

NCZ e AZ – Agência de Notícias.

Gostou da matéria? Então curta nossa página no facebook e nas redes sociais.